Mercado imobiliário
13.abr.2018
Tamanho da Fonte: A- | A | A+

Conheça o financiamento imobiliário do Banco do Brasil

BB financia até 80% do valor de avaliação ou compra e venda

Imagem Conheça o financiamento imobiliário do Banco do Brasil
Logo Copiar Blog Notícia

O Banco do Brasil, assim como a Caixa Econômica Federal, são bancos públicos que pertencem ao governo federal. Ambos trabalham com a oferta de crédito imobiliário através de diversas modalidades de financiamento para diferentes tipos de públicos.

A Caixa Econômica Federal sempre foi o maior financiador imobiliário do país e à opção mais barata para adquirir o crédito. Porém, nos dias de hoje, essa realidade mudou. Nesse primeiro semestre de 2018, bancos privados e o Banco do Brasil apresentam as melhores taxas de juros para o financiamento imobiliário.

O Banco do Brasil opera basicamente as mesmas modalidades que a Caixa. Pelo Sistema Financeiro de Habitação (SFH), o BB financia até 80% do valor de avaliação ou compra e venda, no que for menor. As taxas de juros são a partir de 9,24% a.a. + TR e podem ser flexibilizadas de acordo com o relacionamento do cliente com o banco.

Já o Pró-Cotista, sistema que utiliza os recursos do Programa Especial de Crédito Habitacional ao Cotista do FGTS para imóveis avaliados até R$ 950 mil nos estados de MG, SP, RJ e no DF e R$ 800 mil nos demais estados, a taxa de juros é de 9,00% a.a. + TR.

Opções de Financiamento do Banco Caixa

O Banco do Brasil também oferece crédito imobiliário pelo programa Minha Casa Minha Vida. No PMCMV, as taxas variam a partir de 5,116% + TR, na faixa de Renda Bruta Familiar de R$ 7.000,01 a R$ 9.000,00, o teto pode chegar até R$ 300 mil.

Em todas as modalidades de financiamento do Banco do Brasil o prazo máximo é de 360 meses, 30 anos, mas podem ser flexibilizados de acordo com o relacionamento do cliente com o banco.

Fonte:
ZO Imóvel
O Portal de Imóvel da Zona Oeste de São Paulo
www.zoimovel.com.br/
Equipe de Jornalismo
Grupo de Portais Imobiliários
SP Imóvel
< Post Anterior
Caixa Econômica reduz juros do crédito imobiliário
Próximo Post >
Conheça o financiamento imobiliário do Bradesco